segunda-feira, agosto 01, 2016

Pré-Internet, Online, Internet, Web 1.0

PRÉ-INTERNET - ARPANet, acrônimo em inglês de Advanced Research Projects Agency Network (Rede da Agência de Projetos de Pesquisa Avançadas) do Departamento de Defesa dos EUA, foi a primeira rede operacional de computadores à base de comutação de pacotes, e o precursor da Internet.

A 'ARPANet, embrião da Internet, foi uma das primeiras redes da história da Internet atual. Desenvolvida pela agência Americana ARPA (Advanced Research and Projects Agency) em 1969, tinha o objetivo de interligar as bases militares e os departamentos de pesquisa do governo americano, com o objetivo de obter novamente a liderança tecnológica perdida para os soviéticos durante a guerra fria. (leia mais sobre a ARPANet na Wikipédia)


Este sistema garantia a integridade da informação caso uma das conexões da rede sofresse um ataque inimigo, pois o tráfego nela poderia ser automaticamente encaminhado para outras conexões.
O curioso é que raramente a rede sofreu algum ataque inimigo. Em 1991, durante a Guerra do Golfo, certificou-se que esse sistema realmente funcionava, devido à dificuldade dos Estados Unidos de derrubar a rede de comando do Iraque, que usava o mesmo sistema.


Tela do cliente de e-mail 'Pine', visual da Internet antes da era web


Online 1.0 - CompuServe, Prodigy, AOL e BBS (Bulletin Board System: redes locais. Ex. Mandic BBS – Cidade de São Paulo)

O período que chamamos de 'Online', decada de 80, também pode ser identificado 'como a era BBS'

Nos EUA, CompuServe, Prodigy, e AOL eram as principais empresas de serviços de comunicação digital. (A assinatura de noticias dos jornais digitalizados era o principal diferencial, pouco depois também ofereceram acesso e-mail)

• Existiam também as BBS (Bulletin Board System) locais, mas inicialmente nada de www ou web, pois o foco estava nos conteúdos exclusivos dessas redes proprietárias e suas interfaces exclusivas.

• No Brasil a principal BBS foi paulistana Mandic.



---------------------------------------

Quadro de informações.
Exemplo de ilustração do que seria
o avô das home page

INTERNET
- Internet se refere à internet global e pública, disponibilizada pelo protocolo de Internet;
A Internet no Brasil começou pelas universidades, no início da década de 90;
- E-mail (Correio eletrônico), FTP (File Transport Protocol), IRC (Internet Relay Chat); NewsGroup (Grupos de discussão)
- Gopher (Indexador de repositório de informação, é o tataravô do Google); Telnet (protocolo cliente-servidor que permite a comunicação entre computadores em rede).



- Usenet, painel de discussão (NewsGroup) pioneiro na internet, em 2009 completa 30 anos. Atualmente existem os fóruns de discussão com interface web, que equivalem aos NewsGroup existentes na internet. Neste exemplo ao lado ainda não existiam plataformas ou interfaces gráficas navegáveis para utilizar os Grupos. Depois surgiram clientes de web 1.0 para 'baixar' o conteúdos dos NewsGroups. Estes softwares eram muito parecidos com softwares de e-mail.



Telas do Browser Netscape Navigator
WEB 1.0 - WWW= World Wide Web (world = mundo;  wide = amplo;  web = teia)

- Arquitetura baseada em HTML
Hypertext Markup Language (Linguagem de Marcação de Hipertexto)

- Tim Berners-Lee criou o HTML original (e outros protocolos associados como o HTTP), em uma estação NeXTcube (computador da empresa criada por Steve Jobs.)

- Enquanto as redes CompuServe, Prodigy, AOL e BBS locais eram redes fechadas apenas para assinantes, o www era uma interface de hiperdocumentos livre e de acesso gratuito.

- A World Wide Web (que em português significa, "Rede de alcance mundial"; também conhecida como Web e WWW) é um sistema de documentos em hipermídia que são interligados e executados na Internet. Um dos principais componentes do hipertexto é o hiperlink, ou link. (São referências a outras partes deste documento ou a outro documento).

- Nesse contexto de páginas, sites, portais e ‘ambientes navegáveis’ através dos hiperlinks com ambiente agradável de documentos interligados, surgem também conteúdos multimídia, como fotos, vídeos (Realplayer), gifs  animados, conteúdo em áudio.

Tim Berners-Lee, o criador da web
Na WEB 1.0 predomina conteúdo produzido pelas empresas e portais de internet, que segue os moldes da comunicação tradicional UM > TODOS (jornal impresso, TV e rádio), co-existindo com o e-mail, mensageiro instantâneo e chat que seguem o modelo UM > UM.

Sir Timothy John Berners-Lee (Nasceu na Inglaterra, Londres, em 8 de junho de 1955) é o inventor do World Wide Web e diretor do World Wide Web Consortium, que supervisiona o seu desenvolvimento

O NeXT Computer, usado pelo cientista britânico Tim Berners-Lee sendo o primeiro servidor de páginas HTML (páginas web)







Recentemente, Tim Berners-Lee foi considerado um dos maiores gênios vivos do mundo, segundo o levantamento "Top100 Living Geniuses", da consultoria Creators Synectics.







Exemplo de páginas web: Hipertextos com interface navegável, hiperlinks e imagens (web 1.0)







0 comentários: